Distrito 4

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Distrito 4

Mensagem por Emily Lisbeth Stoker em Sab Out 13, 2012 12:23 pm

Reunião


Tributo: April
Mentor: Michael e Manuela
Estilista: Eric


x Somente postagens ONLINE
x Caso tenham de tratar de alguma estratégia de luta na Arena, que não queiram discutir, entrem em contato via MP ;3

avatar
Emily Lisbeth Stoker
Presidente de Panem
Presidente de Panem

Mensagens : 348
Data de inscrição : 16/04/2012

Ver perfil do usuário http://rpgpanem.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Distrito 4

Mensagem por April Pearson Preston em Dom Out 14, 2012 1:28 am

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Não gosto de onde estou, muito menos depois que meu nome foi chamado e me vi sendo obrigada a lutar pela minha própria vida. Nervosa? Não muito pois sabia que a possibilidade disso acontecer era bem grande, digamos que eu já esperava por isso a algum tempo mas apenas tinha esperanças de que escolhessem qualquer outra, qualquer outra mesmo, menos eu. Bom, vou narrar em detalhes tudo que aconteceu até aqui. O gatilho foi puxado e pude ouvir o som de minha arma calar grande maioria dos cidadãos ali presentes, com um suspiro sai de meu posto e caminhei até o grande palco a espera dos próximos tributos. Admito que nem todos foram com a minha cara apesar de ter simpatizado com um tributo ou outro, a do dois por exemplo, parecia ser uma carreirista bem legal. Obviamente eu preciso de alguma aliança para sobreviver então é melhor eu fazer minhas escolhas antes que seja muito tarde. A entrevista? Não sei o que é mais ridículo, as roupas dela ou suas orelhinhas de gato, sim eu estou falando da apresentadora de televisão, não simpatizei muito com a cara dela. Há muitos olhares sobre mim nesses poucos dias o que me deixa um pouco desconfortável apesar de ter que aprender a lidar com isso, em alguns dias eu serei vista por toda Panem e, com muito azar todos os moradores de meu distrito me verão morrer, não, não vou morrer tão fácil nesses jogos, não deixarei que aquele besta do Deisler me subestime como os outros tributos, se preciso me mostrar capaz, será isso que irei fazer.

A janela de meu quarto é bem ampla de forma que posso ter uma ótima vista da capital, nenhuma praia nem rastro algum de água… Isso me incomoda um pouco. Será que na arena terá água? Hm, não sei. Sento-me em minha cama e deixo meu corpo relaxar pelos poucos segundos que tenho, preciso me levantar e falar com meus mentores e o estilista. Admito que a mulher é até legal, parece ser bem simpática, já o garoto me dá um pouco de medo. Se tem uma coisa importante que aprendi nessa vida é que nunca devo julgar um livro pela capa, já tive consequências por isso e não pretendo sofrer com as mesmas novamente. Baixar a guarda? Nunca, pois nunca saberei o que me espera do outro lado da porta. Por fim me levanto da cama e fito meu próprio reflexo no espelho, sem dúvidas eu estou mais bem-alimentada do que quando cheguei aqui, a comida da Capital é farta se comparada a de meu distrito. Aqui não tem somente peixes como também tem carnes, frutos, e etc.

– O dia vai ser longo… - Comento somente para mim mesma, estão a minha espera e preciso logo vê-los já que contra a minha vontade minha vida depende do casal que me espera atrás dessa porta. Caminho em passos lentos pois não quero realmente me retirar dali, por mim eu posso ficar neste quarto pelo resto de minha vida, sem ter problemas para me preocupar, se é que podemos chamar os jogos de um problema. Estou parada a frente da porta, é melhor eu não parecer tão derrotada na frente de pessoas que supostamente me querem viva… Ok, é melhor eu pagar a garota obediente e firme que querem que eu seja, nada muito anormal. Giro a maçaneta e me deparo com uma grande sala ampla já visitada por mim antes, um grande sofá circular e uma televisão que nos permite ver todas as notícias da capital, agora está passando – novamente – os comentários sobre os novos tributos.

Como eu já esperava minha primeira impressão não foi algo tão marcante para a capital, cara de santa? Sério? É melhor eu jogar o jogo então, serei santa e indefesa se é isso que eles querem, afinal, isso aqui não passa de uma mentira. Me sento no sofá e puxo minhas pernas para cima, ficando “deitada” no mesmo, a espera de algum início de conversa.
avatar
April Pearson Preston
Distrito 4
Distrito 4

Mensagens : 100
Data de inscrição : 11/09/2012
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Distrito 4

Mensagem por Manuela Carter McKurt em Sex Out 19, 2012 9:15 am



tagged: Talvez apenas Calada...

place: Reunião com os Tributos

notes: [Somente administradores podem ver este link]

lyrics: Cut by Plumb
I do not want to be afraid!
Era uma tarde úmida abri meus olhos e me deparei com uma cena familiar, eu estava nas imediações de uma floresta conhecida, um barulho presumo eu de água me fez ficar alerta e eu comecei a caminhar, a floresta parecia cheia de vida e a luz que incidia sobre ela deixava o ambiente com um tom cobreado, era um lugar lindo mas ainda sim não conseguia me lembrar o porque me parecia tão familiar tentei lembrar das imediações do distrito quatro mas nada batia com o que eu via, o que me tirou dos meus pensamentos foi a visão de um lago mais a frente. O dia só teria mais algumas horas e mesmo assim não fiquei nem um pouco com medo de adentrar mais a floresta em direção ao lago que parecia bem acolhedor, quanto mais próximo porem do lago mais próxima a sensação de que algo era muito conhecido a mim, foi ao mesmo tempo que avistei o lago que as coisas começaram a ficar ruins! Não muito próximo a margem e bem escondida estava uma garota eu podia ver-la pois seus cabelos estavam flutuando sobre a água mas ate mesmo eu se estivesse mais desatenta deixaria passar o que de fato me assustou não foi a localização da garota mas o fato de eu conhece-la! Olhos brilhantes e grandes um cabelo escuro e comprido as feições me assustaram mais do que tudo pois eu sabia quem era a garota e eu sabia a idade exata dela também! 13 anos, e seu nome era Manuela... Eu estava olhando para mim comecei a me recordar dessa cena aos poucos e me encolhi quando lembrei o que viria a seguir e visualizei um tridente em minhas mãos... Poucos minutos depois um garoto de aproximadamente 16 anos veio ao lago para tomar água.. A unica fonte de água que não tinha perigo a vista... pelo menos a vista não, foi etão que fechei os olhos pois sabia o que viria apenas ouvi um grito mas sabia que o tridente avia acertado um algo e então acordei assustada de um sonho que eu não queria ter tido
Talvez um dia milagroso surgiria do nada ou eu apenas estaria sendo otimista de mais, a capital já estava a plenos vapores como sempre nesta época do ano e como sempre nesta época meu humor começava a ficar um pouco pior e um pouco mais acido, contudo estou tentando com afinco me controlar desta vez! Levantei-me pela manha um pouco sonolenta ainda e fui direto para um banho, em bora eu possa tomar uns cinco banhos por dia nunca me canso da sensação da água batendo e tão... hã... Revigorante! Sim esta é a palavra certa revigorante. Após o banho uma roupa simples eu vesti e sai pela a porta do meu quarto ao que parecia nem Eric nem Michael meus companheiros de... hã... "trabalho" haviam acordado mas eu não iria esperar estava com um humor muito ruim para esperar alguém então peguei um bolinho da messa do café e segui para a minha primeira obrigação do dia uma reunião com o tributo do meu distrito, embora não goste nem um pouco disso era necessário mas eu admito que implorava silenciosamente para que Michael comandasse este ano os tributos do distrito quatro porque minha sanidade já estava pedindo por uma pausa ate porque não e nada legal treinar e se responsabilizar por crianças que provavelmente morrerão principalmente com 23 outros tributos querendo te matar a todo custo mas em fim...
Me concentrei em meu bolinho que tinha um sabor adocicado de morango silvestre dei um sorrisinho, meu preferido! Subi ate a sala da reunião que parecia estar ocupada e quando abri a porta minha dedução estava certa em um sofá circular perto da TV que passava programação capitalesca estava aparentemente deitada April o tributo de meu distrito, respirei fundo tentando não parecer muito... hã... irritada com tudo e todos a minha volta o que as vezes mesmo tentando não consigo e ando em direção a menina que parece não notar minha presença.
Ainda dando pequenas mordidas em meu bolinho me sento ao lado dela e então falo baixinho:
-Desculpe pelo atraso April! Esta aqui a muito tempo?
Não esperei muito que ela respondesse então voltei a me concentrar no bolo que estava muito bom...
thanks, baby doll at [Somente administradores podem ver este link]oops!
avatar
Manuela Carter McKurt
Mentor - Distrito 4
Mentor - Distrito 4

Mensagens : 68
Data de inscrição : 10/06/2012
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Distrito 4

Mensagem por April Pearson Preston em Qui Out 25, 2012 6:48 pm

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Estou com sono, meus olhos quase se fecham, ouço passos. Uma mulher acaba de se sentar na mesa, feições angelicais disfarçam sua expressão mal humorada, esqueço que meu estomago também está roncando. Ela não deve gostar de mim, imagino, não parece muito menos gostar de estar ali... Bom, no lugar dela eu também não gostaria. Me levanto do sofá e caminho para a grande mesa, me sento defronte a mulher, despejo um pouco de suco no copo e todo uma golada, laranja, sorrio um pouco. - Hm, olá? - Arrisco.

Off : Sorry pelo post merda manu ç.ç
avatar
April Pearson Preston
Distrito 4
Distrito 4

Mensagens : 100
Data de inscrição : 11/09/2012
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Distrito 4

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum