Pista de Dança

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Pista de Dança

Mensagem por Emily Lisbeth Stoker em Sab Maio 05, 2012 7:27 pm



O fogo sai do chão, literalmente. A pista de dança é vermelha, amarela, preta e laranja, típica do Inferninho. As luzes do piso acendem e apagam conforme a música que toca. Pelos efeitos especiais, é possível ver sombras vermelhas e pretas, com olhos brilhantes. A boate esquenta com aqueles demônios que dançam...


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com


Última edição por Emily Lisbeth Stoker em Sab Maio 19, 2012 4:15 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Emily Lisbeth Stoker
Presidente de Panem
Presidente de Panem

Mensagens : 348
Data de inscrição : 16/04/2012

Ver perfil do usuário http://rpgpanem.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pista de Dança

Mensagem por Duddy Lefort em Sab Maio 19, 2012 3:10 pm



F#CK!


what people say




Então era isso, finalmente a festa que eu tanto queria na Hell Dancer, sem as obrigações de Pacificadora ou de moradora da Capital. Era bom ter farra ás vezes! E a presidente Emily não estaria ali, então eu podia muito bem aproveitar do meu modo. Como anfitriã da festa, eu estava ali bem antes dela começar, aprontando tudo.
Usava um shorts jeans e uma camiseta preta, com palavras em 3D escritas "Pacificadora" bem grande. A bota preta deixava o look mais incrível. Escolhi as músicas, deixando a playlist ao lado do DJ, que já agitava um pouco, enquanto ouvia os barulhos do pessoal todo chegando, por meio dos canos e sorri, ao pensar que a Hell era o lugar preferido de todos no Refúgio. A balada fazia o maior sucesso. Eu amava o Inferninho.
Eu estava ali, e a festa estava oficialmente sendo aberta. Fui para a pista de dança, me preparando para o que viria de um jeito colossal. Esperava que a filha da presidente também aparecesse para me ajudar, mas ela provavelmente iria ter de driblar a mãe para poder ir... E encontrar seu namorado gostoso, ou eu o pegaria! Não... (risos) apesar de ter muita vontade.

Postagens Liberadas






_____________________



Duddaline McCloser Lefort



avatar
Duddy Lefort
Pacificadores
Pacificadores

Mensagens : 4
Data de inscrição : 28/04/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pista de Dança

Mensagem por Caroline D. Walker em Sab Maio 19, 2012 5:06 pm



All Queen have a King


Tinha passado a tarde do belo dia de sol que estava hoje em minha casa visto que não me tinha apetecido estar com ninguém...
Mas sabia que ia haver uma festa à noite, mas não sabia muito bem onde, não me importei com tal coisa e comecei por tomar um banho, vesti-me de seguida e claro que a maquilhagem não podia faltar.

Quando cheguei à tal festa ainda lá estava pouca gente, por isso pedi a minha bebida: vodka preta com limão e gelo, e sentei-me num banco alto do banco, cruzando as pernas e voltando em volta o ambiente da festa.

Taggeds: --- Clothes: Link Aqui Obs: Algo mais?


XoXo @ Thay
avatar
Caroline D. Walker
Distrito 8
Distrito 8

Mensagens : 7
Data de inscrição : 19/05/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pista de Dança

Mensagem por Marie Lewis em Sab Maio 19, 2012 5:44 pm

Um típico dia cinzento no distrito 12, acordei mais desanimada que o normal, fiquei deitada toda a manhã, apenas olhando para o teto, alguns insetos batiam na pequena lâmpada e quando a internet foi cortada -como sempre acontecia- levantei-me. Sai de casa para me alimentar e no caminho da casa da velha, ouvi alguns murmurios e só então lembrei-me da festa. Não comi , voltei diretamente para casa e abri o velho guarda roupa que tinha roupas de minha mãe. Peguei seu unico vestido decente, seda branca...
Banhei-me e me vesti, não tinha maquiagens, mas agradeço a minha mãe pela beleza natural que ela me deixou de herança, penteei os cabelos que estavam ondulados e naturais, não estava nada magnifica, mas estava simples e bela, me olhei no espelho... Enfim cheguei a conclusão que eu era identica a ela.
Cheguei na festa e quase desmaiei, era uma coisa linda como nunca tinha visto, estava acostumada com o cinza e todas aquelas cores me deixaram tonta. Depois do vislumbre voltei a mim, adentrei no salão e fui diretamente ao bar man beber algo...
avatar
Marie Lewis
Distrito 12
Distrito 12

Mensagens : 18
Data de inscrição : 16/05/2012
Idade : 20

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pista de Dança

Mensagem por Carolyn Victoria Stoker em Sab Maio 19, 2012 7:15 pm

Tinha sono, mas havia a necessidade de acordar e ir para o salão de beleza me arrumar para a festa noturna que haveria no Refúgio. Minha mãe não sabia nem da existência do lugar, quanto mais da festa. Por isso que eu ia, poderia ter a oportunidade de me encontrar com Matthew, apesar de vê-lo ás vezes na própria Capital, convidado por ser Mentor dos Jogos... Só que não podia ficar com ele lá, sob as vistas da presidente irritante, vulgo minha mãe. Por isso tinha de aproveitar o refúgio e os rebeldes que me proporcionavam uma alegria imensa em conhecer.
Enfim, escovei as asas de anjo, que (finalmente!) fui autorizada a colocar em cirurgia, apesar de serem um tanto pequenas, pois não chegavam nem ás pernas, como eu queria, e coloquei um vestido curto e azul. Como a festa era no Inferninho, achei que seria legal um anjo aparecer por lá. Os cabelos loiros meus estavam soltos, e os olhos azuis ressaltados pelo colírio, que deixavam eles para brilhar no escuro, estavam tingidos de uma sombra branca perolada. Me olhei no espelho do enorme quarto da Mansão Stoker, e sorri, estava mesmo parecendo um anjo, e feliz por conseguir o que queria.
Minha mãe ia trabalhar até tarde, por isso deixei um bilhete para ela, dizendo que ia me encontrar com Lorena, para ver algumas roupas pela madrugada eterna, já que a Capital não dormia. Lorena era amiga da minha mãe, mas era tão rebelde quanto eu, e provavelmente me cobriria se eu pedisse. Se não, eu poderia inventar qualquer coisa. Minha mãe acreditava em tudo o que eu dizia, mas não era boba. Que infelicidade a minha.
Enfim, peguei a entrada dos Canos pela Capital, e os desci rapidamente, os sapatos fazendo barulho no concreto. O barulho, ou melhor, a música louca escolhida pela Duddy, já ecoava por todo o Refúgio, até mesmo pelo Distrito Aquático, o qual fazia um som ensurdecedor de água correndo. Por fim, cheguei ao Inferninho, com os olhos de um lado para o outro, procurando pessoas conhecidas. Havia, logicalmente, a Duddy, dançando loucamente pela pista, e resolvi não incomodá-la. Marie, do Distrito 12, e Caroline, do 8, estavam ali também, e fui de encontro ao bar, para ver se havia um suco, ou algo parecido. Era duro não poder beber...

avatar
Carolyn Victoria Stoker
A Capital
A Capital

Mensagens : 16
Data de inscrição : 16/04/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pista de Dança

Mensagem por Selena Lammel em Sab Maio 19, 2012 7:58 pm

{ Festa!}

Selena Lammel!
{ The Start}



Today is Nem sei kkk

Party!

The Clothes Here

Interaction with ninguém até agora!

Post de n°:001




Minha cabeça doía naquela manhã, latejava pra falar a verdade, o convite jogado sobre a escrivaninha do outro lado do quarto me chamava a atenção, já era a milésima vez que meu pai dizia naquela última hora que eu ia atrasar pra festa, o sol já se punha lá longe e junto com ele minha coragem de sair de casa ia junto com ele, no manequim ao lado da cama o vestido trago diretamente da Capital pelo papai em sua última viagem a negócios, a passagem para capital ficara cada vez mais cara então ele começara a viajar menos, e eu como sempre confinada no distrito 1 a espera de que ele tivesse um tempo pra mim.

Bocejei pela quarta vez, o meu cabelo agora estava impecavelmente arrumado e eu olhava o vestido com um enorme sono e preguiça pra vesti-lo. - Você vai se atrasar. - Virei a cabeça lateralmente vendo a figura parada em minha porta, Coraline, ela passava mais tempo da vida dela comigo do que com ela, era quase minha babá, bufei mais uma vez exausta não tendo feito praticamente nada, como sempre, balancei o dedo inticador pra que ela viesse até mim, ela tirou o vestido do manequim e me ajudou a vesti-lo sorri e ela se retirou, coloquei os sapatos e me admirei na frente do enorme espelho, sorri , estava bom pra uma noite.

Saí de casa, como a Capital o Distrito um era animação total, mas não tão esbanjante e caro como a capital propriamente dita, estava tão perdida em meus pensamentos que nem me dei conta de quando cheguei ao Refúgio, a música ecoava longe acho que foi o que me fizera sair de meus devaneios, sorri adentrando a boate , muitas pessoas que eu não conhecia, uma figura loira impecavelmente arrumada me chamou atenção fazendo-me passar por algumas pessoas, eu não me senti suja como meu pai disse que me sentiria ao entrar em contato com pessoas de outros distritos, por fim alcancei Carolyn , filha da presidente, talvez a única que eu conhecia ou fizera questão de conhecer. - Lyn!. - Sorri já estando próxima dela, corri o olhar pelo lugar, meus cabelos dessa vez lisos bateram de leve em meu rosto ao me virar e novamente a voltar a olhá-la

Template By Flying Away from TDN
avatar
Selena Lammel
Distrito 1
Distrito 1

Mensagens : 19
Data de inscrição : 17/04/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pista de Dança

Mensagem por Amber Kadith P. Sweetner em Sab Maio 19, 2012 8:15 pm

É o desconhecido que receamos quando olhamos...
..sim, mas devemos perder esse medo de olhar para frente


No distrito 2, estava tudo muito monótono para mim, já conhecia cada pedaço daquele distrito. Me orgulhava de ter nascido lá, mas tinha uma leve vontade de conhecer os demais. Sempre me pegava pensando no porque de sermos um território separado em diversos distritos, pois não dizem que a união faz a força ?. Deixei meus pensamentos de lado e resolvi finalmente me levantar, a cama estava quente mas não podia adormecer novamente pois teria um dia movimentado. Levantei-me e estiquei toda a cama, enfim dobrei a coberta que havia me aquecido durante a noite, pois o frio havia se intensificado, e fui em direção a cozinha. Minha mãe estava a fazer o café, cheguei por trás da mesma e lhe dei um bom dia e um longo beijo em suas bochechas rosadas pelo frio. Aqueci minhas mãos esfregando uma na outra e me assentei na mesa esperando que o café ficasse pronto. Não demorou muito, já estava devidamente enérgica com o que ocorreria naquele dia. O café forte de minha mãe parecia o melhor do mundo naquela manha, por isso me agitei rápido e corri de volta ao quarto. Chegando lá coloquei minhas vestes de caçadora, porque embora meu distrito não fosse muito bom para tal emprego, conseguia sempre trazer um pouco de dinheiro para casa e uma boa refeição para o almoço e jantar. Sai em dispara para uma pequena floresta perto de minha casa e fiquei esperando a hora certa de atacar alguns corvos e passarinhos que ficavam pelo local. Consegui acertar 3 de 4 que mirei. Nesse dia porém, não tentaria acertar mais pobres, e necessárias criaturas, pois iria em uma festa que há muito planejava ir.

Cheguei em casa, separei minhas vestes e minha toalha e fui para o chuveiro que ficava na parte de fora de casa. Chegando lá pendurei a toalha no boxe de madeira e coloquei as roupas em alguns cabides que ficavam do lado de fora do boxe. Estava terminando de lavar meu cabelo, quando percebi uma movimentação entranha perto de algumas árvores por perto. Quando enfim me deparei com um homem estranho me olhando se aproximando, ele chegou mais perto e percebi ser o namorado de minha irmã que me espiava, gritei inúmeras palavras de baixo calão para ele e ele foi embora rindo da minha cara de assutada. Fechei o chuveiro e me sequei, nas pontas dos pés me equilibrei em um banquinho para poder alcançar a roupa do lado de fora. Me vesti, me sentia tão linda, como nunca havia me sentindo antes. Estava vestida com um vestido colado preto que minha mãe com muito custo havia feito para a ocasião, um salto emprestado de uma amiga que havia perdido sua mãe, então não iria a festa, e um anel que meu pai havia me dado em meu aniversário de 16 anos, pouco antes de morrer. Maquiagem eu improvisei, e nos meus cabelos, por serem naturalmente lisos resolvi deixa-los secar naturalmente. Enfim fui em direção a festa, chegando lá fiquei totalmente boquiaberta com o que vi, fogos, musica alta e boa, e inúmeras pessoas bonitas e dançando. Esperava encontrar gente conhecida, ou melhor uma pessoa em especial do meu distrito. Cheguei mais perto de onde algumas menina estavam e sorri para elas. Reconheci então Carolyn, uma garota conhecida da capital, no meio daquela aglomeração. Fiquei feliz e me aproximei da mesma a cumprimentando, enquanto prestava atenção na musica que acabara de começar.




avatar
Amber Kadith P. Sweetner
Distrito 2
Distrito 2

Mensagens : 19
Data de inscrição : 22/04/2012
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pista de Dança

Mensagem por Megan Rosalie McDermott em Sab Maio 19, 2012 8:21 pm

Megan McDermott

-


____________________________________
“Put your hands up, put your hands up.” Hoje eu havia acordado em ritmo de festa. Seria bom me distrair um pouco antes de começar a treinar meus babys do distrito 12, como mentora eu tinha um grande trabalho pela frente.
Um vestido de paetê, um saltinho e cabelos soltos. Ah, meus queridos cabelos loiros, geralmente os usava presos. Mas hoje não, era dia de curtir um pouquinho, isso mesmo Srta. Megan, apenas um pouco, você deve dar o exemplo. Aproveitaria, também, para ver como agiam meus supervisionados...

A balada era temática, coisa que me agradava, era raro uma boa balada temática. Principalmente uma que me agradasse, seria a primeira vez que frequentaria essa e não esperava que nada me surpreendesse.

Quando cheguei ao local percebi que era muito mais do que eu esperava e, com certeza, condizia a decoração com o nome. Dei uma rápida observada no local vendo se conhecia alguém, porém conhecia muitos. O lugar estava até cheio para um horário como esse. Atravessei a balada e fui direto para o Bar. Recostei no balcão: - Um coquetel de frutas, por favor. – Pedi ao barman, que preparava a bebida para mim.
Em poucos minutos ele me entrega o copo decorado, dei um gole e girei para observar a pista de dançar, não fazia meu tipo ficar dançando muito.
avatar
Megan Rosalie McDermott
Mentor - Distrito 12
Mentor - Distrito 12

Mensagens : 34
Data de inscrição : 21/04/2012
Idade : 26

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pista de Dança

Mensagem por Arthur I. Strumbolt em Sab Maio 19, 2012 8:37 pm


My life is like a machine.


Arthur I. Strumbolt - District 3 (Technology)

Acordei, um pouco assustado, pegando o despertador e olhando as horas, me perguntando por que ele não havia tocado. Então lembrei que hoje é sábado: então, não trabalho, nem vou pra escola. Animei-me pois me lembrei que de noite eu tinha uma super-festa para ir, e, enrolando um pouco mais na cama, levantei para tomar o café. O dia raiava quente e promissor.

O resto do dia passou tranquilo, então emfim chegou a hora de eu ir me arrumar. Tomei um banho caprichado, passando uma quantidade gigantesca de cremes no cabelo para deixá-lo menos rebelde e mais hidratado. Coloquei uma roupa de festa mais social, elegante, mas nada que ultrapassasse isso. Dei uma última olhada no espelho antes de correr para o lado de fora, onde a limousine já me esperava para me levar para a festa. Despedi-me rapidamente de meu pai e abri a porta do veículo, entrando dentro do mesmo. Completamente animado, mal podia esperar para chegar no Refúgio, pensando o que eu ia encontrar por lá.

Quando cheguei por lá, a balada temática me animou, então, me pus a dançar, esperando que algo acontecesse. Pedi um refrigerante - eu não bebia, meu pai me matava se ele descobrisse algo do tipo. Observei o local, que era, no mínimo, fantástico, que se encaixava exatamente no nome. Dançava um pouco desajeitado, eu nunca tinha ido a festas desse nível, só festas mais sociais. Tomando cuidado para não derrubar o refrigerante, observei o bar, cheio de garotas bonitas. Sorri para mim mesmo, tentando dançar de forma mais sedutora.



Vestes: aqui | Humor: Animado | Com: Povo da festa.



avatar
Arthur I. Strumbolt
Distrito 3
Distrito 3

Mensagens : 7
Data de inscrição : 19/05/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pista de Dança

Mensagem por Joshua S. Svrany em Sab Maio 19, 2012 8:46 pm




Dance until we die
Roupa colocada, um terno com uma gravata borboleta, barba aparada, dentes escovados, cabelo perfeitamente penteados. Agora o que faltava na festa, era apenas dançar até morrer.

Era de tarde, quase ao por do sol, e o tempo estava passando rápido, e eu sabia o que deveria fazer, ir à floresta para conseguir uma carne bem suculenta de cães selvagens para minha família, minha mãe sempre fazia alguns temperos pelos ingredientes que haviam em nossa horta que ficava na parte traseira da casa, certamente o quintal mal feito. Então, levantando da cama eu coloco meus pés dentro da minha botina marrom de couro maleável, de algum animal selvagem que havia por ali. Amarrando os cadarços pretos da bota, coloco minha jaqueta de couro marrom, dando um beijo na bochecha da minha irmã mais nova (NPC) de cabelos louros-dourados e olhos verde-água brilhantes, e recebo em troca um sorriso bem aberto, e obviamente bem feliz. Corri para a cerca de eletricidade que havia por ali, e coloquei minha cabeça próxima à ela, não ouvindo nada, além do barulho de crias de gaios-tagarelas com tordos, em toda a floresta. Então eu sorri, e passei por um buraco que havia ali, que meu pai mesmo havia feito quando eu era menor, e por fim entrei lá sorridente. Então, eu passei minha botina sobre as folhas ao lado de uma videira, encontrando bem escondida minhas duas adagas bem afiadas, com um cabo de madeira maciça polida por mim mesmo. Saio correndo para floresta adentro, sabendo que a cada passo poderia ficar mais perigoso. Logo, encosto em uma árvore achando pendurado a minha sacola que costumava guardar peixes, e outras coisas, e do meu rosto surge um sorriso malicioso. Passo à uma coordenada onde eu sabia que viviam cães selvagens gordos, mas perigosos. Pude ouvir passos vindo à minha direção, então me viro e jogo uma das adagas sem mesmo olhar, acertando ferozmente bem na região cardíaca de um cão selvagem, então me viro para trás e de longe vejo outro, acertando a outra adaga diretamente em sua perna esquerda, sorrindo. Enfio dentro da minha sacola enorme o cão selvagem morto ao meu lado, e o levanto colocando um peso imenso sob meus ombros, assim correndo até o outro que quando vejo parecia bravo, mas o que pude fazer? O matei, de um modo maldoso, mas seria um jantar expendido para minha família, que assim poderia distraí-los para poder fugir para o refúgio...

Chego na minha casa sorrindo, levando uma sacola quase rasgada de tanto peso. E coloco sob a mesa de mogno que havia na parte central da nossa copa horrível. Minha mãe chegou me elogiando, e abrindo a sacola, parecia surpresa por ter sido dois animais, com uma carne que tinha uma aparência deliciosa e suculenta, como sempre era desejado por todos ali. Quando todos estavam preparando, corro para o quarto e escrevo em uma caneta velha em um pedaço de papel antigo que arranquei de um caderno sem me preocupar " Não se preocupem, já volto. É importante, tenho de ir. - Joshua" Eu sabia que eles iriam me compreender, sempre compreendem. Mas, na quando não, eu posso dizer que levo uns tapas fortes, meu rosto fica literalmente roxo, ou até mesmo sangrando. Mas, agora não estava mais com minha roupa de caça, era a melhor roupa que achei no armário de meu pai, um terno com gravata borboleta, mas permaneci com a minha botina, que mesmo embarreada, era para mim o meu melhor amuleto da sorte.

Corro pelo distrito 2, diretamente à entrada do refúgio que era subterrânea, certamente por canos. Então, era ali onde eu entrava, sendo que eu tive que passar por várias identificações de DNA, eles coletavam com uma ferramenta estranha, que na maioria das vezes diziam "Será apenas uma picadinha!". Mas para mim, aquilo era horrível, pensava como se fosse picada de vespas mortais, ou outros animais modificados pela capital. Então, eu puxei de meu bolso um outro papel com a caneta velha, e vejo "Hell Dancer". E foi para lá onde fui, uma balada temática bem diferente dos locais do distrito. Então, eu entrei por ali, sorrindo e vendo todas as pessoas em volta de apenas uma mulher, que certamente era da capital, parecia com aquele seu estilo e de longe poderia ouvir seu sotaque idiota, que eu simplesmente odiava. Então eu vejo a menina que eu realmente gostava, cujo seus cabelos castanhos longos me apaixonavam e seus olhos azuis brilhantes, eram a coisa que mais deixava apaixonado por ela, mas eu não fazia ideia de que ela estava ali, e teria de disfarçar o meu jeito de "apaixonado". Então, eu vou até atrás dela, e puxo seu ombro, tentando traze-la a minha frente. E deu certo. Eu sorrio para ela, de um modo tranquilizador.
- Ãhn Oi Amber. - Então dou um sorriso maior que o outro, e depois relaxo os músculos deixando minha boca literalmente normal, para que não pudesse demonstrar o que sentia, eu ficaria constrangido, mas algo seria bom, ela saberia e eu poderia descobrir sua reação.




POST: #01 WHERE: Pista de Dança - Hell Dancer WHEN: Sábado, 19 de maio.
WHO:Com o povo WEARING: view; LISTEN: play
template por Lena do Aglomerado
avatar
Joshua S. Svrany
Distrito 2
Distrito 2

Mensagens : 20
Data de inscrição : 02/05/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pista de Dança

Mensagem por Caroline D. Walker em Sab Maio 19, 2012 8:55 pm



All Queen have a King


Várias pessoas foram chegando à festa, muitas até! Havia uma rapariga loira que era cumprimentada por quase todas as pessoas que chegavam à festa. Eu principalmente não sabia quem era ela, mas parecia ser alguém importante e muito conhecido por estes lados.

Levantei-me do meu banco alto, perto do balcão, deixando lá o meu copo de bebida já vazio. Assim que me levantei ajeitei logo o meu vestido para que os garotos não viessem nada do que não deviam. Fui entre as muitas pessoas que davam na pista, começando a dançar sozinha porque não conhecia ninguém ali, e foi ai que embati mesmo de frente contra um rapaz moreno. - Desculpe. - pedi com um sorriso não querendo parecer ao rapaz ser antipática.

Taggeds: --- Clothes: Link Aqui Obs: Algo mais?


XoXo @ Thay


Última edição por Caroline D. Walker em Sab Maio 19, 2012 9:02 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Caroline D. Walker
Distrito 8
Distrito 8

Mensagens : 7
Data de inscrição : 19/05/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pista de Dança

Mensagem por Megan Rosalie McDermott em Sab Maio 19, 2012 9:02 pm

Saio dali *
avatar
Megan Rosalie McDermott
Mentor - Distrito 12
Mentor - Distrito 12

Mensagens : 34
Data de inscrição : 21/04/2012
Idade : 26

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pista de Dança

Mensagem por Marie Lewis em Sab Maio 19, 2012 9:07 pm

É preciso tentar não sucumbir sob o peso...
...de nossas angústias, continuar a lutar.


As pessoas começavam a chegar, belissimas e bem vestidas, já estava começando a me sentir mais inferior que o normal, olhei ao meu redor e as pessoas dançavam e bebiam e eu ali, simplesmente para como uma idiota olhando para o nada, olhei o barman com um sorriso no canto. - Moço, me dê a bebida mais forte! - Ele me olhou um pouco assutado e me deu algo que eu identifiquei, peguei o copo e bebi de duas vezes, eu nunca tinha bebido nada alcoolico antes. Sorri para ele novamente e pedi mais uma bebida, ele me trouxe e eu a tomei aos poucos.
Agora que já estava "quente" voltei a observar o local, realmente não conhecia ninguém, exceto talvez por uma loira a quem eu tinha a impressão de ter visto antes no distrito 12, não dei muita importância porque eu era dona de mim, não tinha ninguém para me proibir de nada - exceto a capital - peguei um coquetel que estava no balcão e caminhei pela pista, joguei os cabelos de lado e me refugiei no canto da parede esquerda, dançando escondida e sozinha.
avatar
Marie Lewis
Distrito 12
Distrito 12

Mensagens : 18
Data de inscrição : 16/05/2012
Idade : 20

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pista de Dança

Mensagem por Carolyn Victoria Stoker em Sab Maio 19, 2012 9:28 pm

A festa estava até animada, para um começo, e o bar enchia de uma forma incrível. Pedi uma bebida sem álcool para o barman, já que ali era tudo feito com o mesmo, e ele teve de criar uma batida de morango para mim. Era gostosa, tinha um toque de hortelã, ou algo assim. A música estava em uma animação muito boa, e eu fiz uma nota mental para parabenizar Duddy e o DJ, que estavam ótimos coordenando a festa. Dancei um pouco, no mesmo lugar, sendo feliz por mim mesma, sem me importar com que o pessoal do lado estava achando. Minhas asas bateram levemente, e eu sorri, dando mais um gole na bebida, pensando em como eu fora esperta para confiar em minha mãe que era responsável o suficiente para uma cirurgia daquele porte.
Era provavelmente a única garota da Capital, além da Duddy ali, e estava feliz por ser assim, porque era muito divertido ser diferente. Rezei para que Lorena me camuflasse de minha mãe. Ela poderia não descobrir o Refúgio, mas com toda a certeza eu levaria um castigo daqueles, e provavelmente perderia minhas asas. Era tudo tão complicado com a Presidente Stoker... Enfim, parei de dançar e arrumei os cabelos, já um pouco bagunçados pela dança maluca. Estava prestes a olhar pelo salão de novo, a procura de Matthew, quando Selena, do Distrito 1, tocou em meus ombros e disse meu apelido "Lyn!" alto. Eu sorri, e a dei um abraço. "Sel!" falei, ainda com o sorriso no rosto.
Logo depois, Amber aparece, do Distrito 2. Ela era uma amiga de vista, já tendo compartilhado comigo todos os momentos bestas dali do Refúgio, e eu a cumprimentei com um sorriso, não podendo terminar de falar, porque alguém bruscamente a arranca do meu campo de aproximação. Era um garoto do Distrito 2, também, aquele mesmo que eu sabia me odiar. Tanto fazia... Eu era filha da presidente, e ele, o que era? Uma mera peça dos Jogos. Empinei o nariz, para demonstrar meu desprezo, e virei para Selena, tentando deixar de lado Amber e ele, para que pudessem conversar direito.
Dei mais um gole na batida de morango, e voltei a sorrir. "Quer dizer que deu uma pausa nos treinos para vir á festa, Sel?" falei, sabendo que ela treinava para os Jogos Vorazes, por causa das inúmeras perguntas, sobre alguma dica de como será a Arena, feitas a mim, pela maioria dos moradores dos Distritos.
Esse era o bom de morar na Capital. Você sabia de tudo, no entanto, não queria contar nada...



- - - Carolyn Victoria Stoker - - - Capitol - - - Angel wings - - - Innocent - - - Johan - - -
Alice: Quanto tempo dura o eterno? Coelho: Às vezes um segundo.
avatar
Carolyn Victoria Stoker
A Capital
A Capital

Mensagens : 16
Data de inscrição : 16/04/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pista de Dança

Mensagem por Selena Lammel em Sab Maio 19, 2012 9:51 pm




The Party!


Por fim Carolyn me deu atenção, ela parecia ainda procurara Matt não deveria ter aparecido ainda pelo jeito que ela se encontrava, Lyn era do tipo de pessoa que era um amor até ser contrariada nunca precisei contrariá-la por isso ela sempre fora um amor comigo, até o então instante, ela e a presidente, que vira apenas uma vez em uma viagem a capital com o papai ,fora a única vez que ele me deixara ir com ele, dar um tempo nos treinos, ele era rico, éramos ricos, mas ele dizia que as passagens a capital eram deveras exorbitantes então não poderia o acompanhar muito, então passava a maioria do tempo em treinos intensivos, alguns achavam que eu não passava de um bitch metida do Distrito 1 , mas eu era bem diferente disso, eu era disciplinada, dedicada e educada, uma perfeita dama. - Treinos? Ah! Sim,meu pai está em viagem , dei uma escapadela dos treinos, pelo menos por hoje, onde está Matt? - Olhei pros lados procurando o namorado de Lynn, ele havia ganhado os jogos dois anos antes, com incríveis táticas, pouco tempo depois ele e Lyn começaram a namorar, apesar de ser do Distrito 2 sempre se mostrou bem educado e sinceramente me dava um pouco de medo as vezes.

Me perguntei se a presidente sabia que Lyn estava naquela festa, possivelmente Emily não sabia onde a filha estava, não deveria gostar que ela se misturasse com pessoas dos outros Distritos, ainda tinha minhas dúvidas se ela sabia sobre o Refúgio, mas aposto que não ou a capital já teria tomado suas providências cabíveis para que o Refúgio fosse destruído. Minha cabeça doeu, eu passara boa parte do dia treinando, o roxo em meu braço esquerdo estava sendo tampado por algumas pulseiras, papai queria que eu fosse perfeita em tudo, absolutamente TUDO! Machucados eram amostras de fraqueza e de que eu morreria fácil nos jogos, ele tinha sido um campeão 16 anos antes, é reconhecido ainda hoje pelo jeito maléfico que matou um a um de seus adversários,ele sempre me quis assim, nem que isso me custasse horas e horas de treino.

A batida da música da festa me trouxe de volta de meus devaneios, olhei algumas pessoas ao meu redor, por meros segundos tentei imaginar como eram suas vidas, o que faziam, como eram treinados, mas a batida novamente me trouxe a mim, tirando-me dos devaneios que ficavam cada vez mais frequentes, eu tinha que parara de ser assim, eu tinha mesmo.

avatar
Selena Lammel
Distrito 1
Distrito 1

Mensagens : 19
Data de inscrição : 17/04/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pista de Dança

Mensagem por Amber Kadith P. Sweetner em Sab Maio 19, 2012 10:25 pm

É o desconhecido que receamos quando olhamos...
..sim, mas devemos perder esse medo de olhar para frente


Quando me aproximei de Carol percebi que uma garota do Distrito 1 estava a conversar com ela. Ela sorriu para mim e me cumprimentou, mas resolvi ficar calada, pois não sabia o que dizer, e como eu era uma garota no mínimo rebelde, não queria arranjar encrencas por dizer coisas, digamos no mínimo sinceras de mais para o momento. Estava com um pouco de frio, não sei porque pois o local não era aberto, por isso não possuía um vento constante, igual ao que sentia quando estava na floresta perto de minha casa. Comecei a me imaginar naquela floresta, só que em um dia de neblina, não conseguia enxergar nada, porem parecia mais confiante do que nunca, não ouvia mais nada da festa, só me via dentro daquele pensamento repentino. Vi então borboletas passando por mim e algumas até paravam em minha mão ou então em meu ombro. Tudo começou a ficar mais claro e eu não via mais a borboletas, somente uma pessoa se aproximando lentamente de mim. Era tudo embaçado por isso não conseguia ver seu rosto, eu me aproximei e quando tentei toca-lo não consegui, e a figura desapareceu por completo. Devagar a floresta começou a desaparecer e a musica do local voltou a espantar meu silencio. Pedi uma bebida ao garçom mas logo o copo estava vazio, queria pedir outro mas resolvi tentar ficar sóbria naquele dia. Olhei para todos dançando naquela pista, realmente seu nome era perfeito para descrever como o local parecia arder em fogo. Suas luzes vermelhas iluminavam o local com um ar digamos sensual. Mesmo no balcão comecei a dançar lentamente a musica que tocava, nunca a ouvia escutado, porem era realmente do estilo que adorava escutar sozinha, no meu quarto, com meus pensamentos longínquos. Estava prestes a ir até o meio da pista quando percebi que alguém encostava em meus ombros, me puxando um pouco para o lado. Quase tropecei pois um pouco de meu cabelo atrapalhou minha visa. Tirei a mecha que estava em meus olhos e olhei para ver quem havia me puxado. Sinceramente perdi meu ar quando vi quem era, finalmente quem eu tanto esperava ver na festa havia chegado, dei um sorriso bobo e torto e fiquei vermelha de vergonha. Me virei para o lado e mordi minha mão de raiva, porque eu sou tão boba perto dele ? . Olhei novamente em seus olhos e dei dessa vez um sorriso decente que faziam minhas covinhas aparecerem. Minha irmã dizia que elas pareciam dois buracos, mas eu gostava delas assim como gostava de meus olhos quando brilhavam ao ver Josh. Enfim depois de um breve silencio Josh se pronunciou.

- Ãhn Oi Amber.

- Oi Josh, eu.. eu nem sabia que você iria vir aqui, mas ainda bem que você veio eu já estava começando a me sentir perdida no meio de tantas pessoas, até começar a dançar sozinha eu estava. É ainda bem que você veio. – aquela ultima frase soou bem baixa por causa de minha vergonha, porem acho que ele deve ter ouvido pois ele ficou levemente avermelhado. Dei-lhe então um abraço forte e o perguntei, mais animada : - e ai vamos dançar ou não ?





avatar
Amber Kadith P. Sweetner
Distrito 2
Distrito 2

Mensagens : 19
Data de inscrição : 22/04/2012
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pista de Dança

Mensagem por Luch D. D'Angelo em Dom Maio 20, 2012 3:12 pm

Peguei o endereço da festa que estava no bolso da minha calça. Boate Hell Dancer... Parecia interessante, pelo menos no nome. Me apressei em me arrumar, normalmente eu só andava com meu uniforme em meio aos campos de trigo. era uma espécie de macacão que eu achava terrível, era comum demais, assim como tudo no meu Distrito. Mas apesar dos pesares eu era feliz lá. Sabia que uma garota do Distrito 9 também estava aqui, mas não sabia se estaria na boate. Caberia então me arriscar e ir lá conferir. Me arrumei como pude, não sabia bem o que usar então coloquei alguma blusa leve vermelha e uma calça preta. deixei meu cabelo bem revolto num penteado bem moderno como os que eu havia visto na capital e fui para rua. Precisava achar o tal endereço que eu não sabia bem onde ficava, mas por sorte encontrei um grupo de jovens que iam bem comportados e perguntei aonde ficaria tal boate. Eles me olharam com receio e seja por educação ou só para se livrar de mim informaram perfeitamente o caminho que eu deveria seguir. Sentia o concreto das ruas sob meus pés. Não costumava andar por ruas asfaltadas e com calçadas tão arrumadas, preferia a fazenda e correr pelos campos de trigo ou pela margem do lago com meus amigos. Avistei a boate, era iluminada com neon e isso chamava atenção a quilometros de distância.

Entrei e logo o som alto inundou meus ouvidos, a sensação era estranha, parecia estar num inferno de verdade, mas era bom, tinha mulheres bonitas e bebida liberada. Fui andando no meio do pessoal, esbarrando em várias meninas super maquiadas e com cabelos altissimos de todas as cores. Algumas eu até notava beleza outras pareciam estar usando máscaras de demônios, ou seriam elas mesmo em sua forma natural? Consegui me adentrar na multidão e avistei dois banquinhos mais ao longe, livres. Infelizmente enquanto pegava a bebida foram tomados. Peguei a garrafa de vodka e fui virando e andando procurando alguém legal para me aproximar, pensei ter visto a menina do distrito 9, mas acho que foi impressão, porém vi algo que me chamou atenção. Uma loira com um copo de coquetel na mão. Ela dançava sensualmente sozinha então me aproximei rapidamente, não perderia de vista que nem aconteceu com os bancos lá atrás. Parei ao lado dela e pelo som alto cheguei perto de seu ouvido para falar:

- Por que uma menina tão bonita só tá acompanhada de um copo de coquetel? - tentava gritar para ser ouvido - Companhia boa mesmo é uma garrafa de vodka e eu também claro!

Levantei a garrafa mostrando e virei mais um belo gole.

OFF: Luch conversa com a Marie, só para deixar claro.
avatar
Luch D. D'Angelo
Distrito 9
Distrito 9

Mensagens : 7
Data de inscrição : 27/04/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pista de Dança

Mensagem por Joshua S. Svrany em Seg Maio 21, 2012 4:35 pm




Dance until we die
Roupa colocada, um terno com uma gravata borboleta, barba aparada, dentes escovados, cabelo perfeitamente penteados. Agora o que faltava na festa, era apenas dançar até morrer.

Logo após ela falar comigo, nossos olhos se encontram.. E por alguns segundos minha vontade de beijá-la aumenta rapidamente, mas eu pude me conter, mesmo sabendo que a próxima vez seria bem diferente de agora. Então a palavra revolucionar percorreu à minha mente, o quão eu eu poderia estar decepcionado pela minha própria atitude. Revolucionar o mundo, começando com o que queria realmente. Talvez aquela fosse a primeira tarefa, mas para cumprir eu teria de ser forte, perder vergonha e encarar a realidade que eu temia.

- Ah! Claro. Mas, eu vou avisando... Não sei dançar, muito menos músicas assim agitadas. - eu olho para ela meio envergonhado por ser um inútil qualquer que morava em dos distritos mais importantes.

Eu estava feliz por estar com ela, e agora eu dançando com a mesma, me fazia ficar com uma vontade ainda maior que a anterior para beijá-la, deliciar seus lábios carnudos, fechar os olhos sem pensar em nada, apenas na paixão que eu sentia pela mesma. Seria um momento perfeito se ela me correspondesse. Um calafrio percorreu em todo meu corpo, eu quase dei um pulo por causa que havia ficado arrepiado, como de costume, e eu sentia, meu organismo sabia era a hora, que eu deveria fazer o que eu mais desejei.

Então eu logo parei de dançar, Ambs pareceu estranhar. Eu sorri, e pedi com que ela parasse também que eu tinha algo à lhe falar, ela parecia estar ouvindo bem. Mas eu tinha sido desonesto na hora de ter dito que iria falar algo, por que estava mais para agir. Então, eu dei meu último sorriso no momento, passei minha mão sobre seu rosto, deslizando pela suas bochechas, me aproximando dela olhando apenas para seus olhos azuis lindo que se assemelhavam à rios de águas límpidas. Eu não resisti, ainda mais por que sabia o que deveria fazer. Coloquei meu braço sobre sua cintura trazendo á para frente beijando-a, e sentindo seus lábios carnudos e deliciosos Cool. Permaneci por um tempo bem longo, mas quando tive de acabar com o beijo foi o que fiz, não por querer, mas por necessidade. Então a soltei delicadamente sorrindo para a mesma, esperando sua reação. Esperava um soco ou um tapa...



POST: #01 WHERE: Pista de Dança - Hell Dancer WHEN: Sábado, 19 de maio.
WHO: Com a Ambs my *-* WEARING: view; LISTEN: play
template por Lena do Aglomerado
avatar
Joshua S. Svrany
Distrito 2
Distrito 2

Mensagens : 20
Data de inscrição : 02/05/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pista de Dança

Mensagem por Arthur I. Strumbolt em Seg Maio 21, 2012 4:40 pm


My life is like a machine.


Arthur I. Strumbolt - District 3 (Technology)

Eu dançava alegremente, me dando até bem em equilibrar o copo na mão. Eu já havia esvaziado seu conteúdo e o largado sobre o balcão, e continuei a dançar, alegre, quando trombo de frente com uma garota morena, que me pede desculpas, com um sorriso que pessoalmente, achei encantador. Sorri de volta, pegando sua mão direita de leve e a beijando. Eu já tive várias aulas de etiqueta, mas eu nunca gostava de cumprir as regras, por mais que eu cumprisse-as inconscientemente.

-Não tem problema. - eu disse, com um tom suave. - Gostaria de dançar?

Comecei a dançar calmamente, esperando sua resposta.



Vestes: aqui | Humor: Animado | Com: Caroline D. Walker



avatar
Arthur I. Strumbolt
Distrito 3
Distrito 3

Mensagens : 7
Data de inscrição : 19/05/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pista de Dança

Mensagem por Amber Kadith P. Sweetner em Seg Maio 21, 2012 5:02 pm

É o desconhecido que receamos quando olhamos...
..sim, mas devemos perder esse medo de olhar para frente


Quando o convidei para dançar, por alguns instantes pensei que ele não iria aceitar o convite, pois me olhou rapidamente como se estivesse demasiadamente constrangido. Ele disse não saber dançar, mas eu o achava maravilhoso de qualquer modo. Nem me importava também pois dança em si também não era o meu forte, mas dançar com ele era tudo que eu queria naquele momento, para tentar me aproximar mais. Ele era, sem duvidas, o menino mais lindo e elegante da festa, pelo menos para mim ele era. Aquela noite parecia uma noite de Cinderela para mim, só faltava que ele me beijasse e fosse meu príncipe. Sei que é um pensamento deveras infantil, mas era como eu me sentia naquele instante, como uma princesa em seu baile real. Embora tudo fosse muito longe de ser um baile, muito menos da realeza. Pensamentos sobre os Jogos Vorazes então me atormentaram, me lembrei que um de nós dois poderíamos ir e então fiquei a fita-lo com tristeza. Mas logo me animei pois ele aceitou meu convite. Várias musicas animadas estavam a tocar, me mexia de um lado para o outro, até que uma musica lenta finalmente se iniciou. Meio encabulada peguei uma mecha de meu cabelo e comecei a mexer na mesma insistentemente, olhei para ele enquanto me aproximava e percebi que o mesmo parou de dançar. Estranhei seu ato, mas logo após parei de dançar também e olhei para baixo com medo de ter feito algo de errado. Foi então que senti suas leves e macias mãos tocarem meu rosto, mais especificamente minhas bochechas, que naquele instante se coraram, parecendo dois pimentões vermelhos de tanta vergonha. Será que ele ia realmente fazer o que eu tanto esperava ? Só tive tempo de olhar em seus olhos e os ve-los brilhando, e refletindo os meus que também brilhavam como nunca. Nós beijamos durante longos e melhores segundos da minha vida. Há muito tempo que esperava por aquele instante, que se tivesse sonhado mil vezes não teria sido tão bom quanto foi. Ele retirou suas mãos de minha cintura e pareceu cabisbaixo com medo de minha reação. Fechei os olhos e esbocei um sorriso de felicidade. Me aproximei novamente, e como a musica lenta ainda tocava coloquei as mãos de Josh em minha cintura, coloquei uma de minhas mãos em sua nuca e a outra em seu rosto. Olhei fixamente para ele e mordi meus lábios que pediam mais. Dei-lhe vários selinhos, o ultimo um pouco mais demorado e debrucei minha cabeça em seu ombro, dando-lh um beijo no pescoço, o deixando arrepiado e ficando arrepiada também.



- Ainda bem que você está aqui, ainda bem que finalmente eu me sinto mais perto de você ... ainda bem que agora você sabe que eu sinto o mesmo ! – sorri para ele e disse - você gosta de musica lenta ? Porque eu agora gosto !





avatar
Amber Kadith P. Sweetner
Distrito 2
Distrito 2

Mensagens : 19
Data de inscrição : 22/04/2012
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pista de Dança

Mensagem por Caroline D. Walker em Seg Maio 21, 2012 5:03 pm



All Queen have a King


O rapaz no qual tinha embatido sem ter culpa alguma (ou talvez eu tivesse culpa por não ver por onde andava, mas a festa também estava muito cheia) sorriu simpaticamente para mim. Um sorriso bonito do qual eu gostei, mas...

Sorri-lhe novamente, e quando ele me beijou a mão as minhas bochechas ficaram um pouco vermelhas, tinha corado ligeiramente, quando ele fez tal acto. Nunca nenhum rapaz que tinha conhecido numa festa me tinha feito tal coisa, mas achei muito simpático da sua parte o que me dava a entender que era um rapaz educado.

- Sim, claro que sim. - respondi à sua pergunta sem deixar de lhe sorrir. - Sou a Caroline. - apresentei-me esperando que de seguida ele me dissesse o seu nome.

Taggeds: --- Clothes: Link Aqui Com: Arthur


XoXo @ Thay
avatar
Caroline D. Walker
Distrito 8
Distrito 8

Mensagens : 7
Data de inscrição : 19/05/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pista de Dança

Mensagem por Arthur I. Strumbolt em Seg Maio 21, 2012 5:17 pm


My life is like a machine.


Arthur I. Strumbolt - District 3 (Technology)

Me surpreendi com a aceitação da garota. Eu nunca conseguia conhecer muitas garotas em festas, pelo meu jeito desajeitado e minha coordenação motora tão boa igual a de uma porta. Um sorriso natural e um tanto tímido surgiu em minha face, aquela garota realmente era encantadora. Seu sorriso me atraía de alguma forma... Seu nome era Caroline, um nome belo para uma garota bela.

-Meu nome é Arthur. - eu disse, solene, me aproximando de sua orelha para não ter que gritar tanto. - Mas pode me chamar de Art.

Sem parar de sorrir um segundo, comecei a dançar com ela, as músicas animadas ainda tocavam, permitindo que nós dançássemos de uma maneira mais solta e divertida. Gargalhei muito, muitas vezes comigo mesmo, fazendo danças ridículas, tentando fazer ela rir. Porém, esse tipo de música logo encerrou dando espaço às músicas lentas. Assim que a primeira começou, meio envergonhado, fiz um gesto educado, pedindo sua mão para dançar de uma maneira mais... digamos... íntima.

-Me permite essa dança, Caroline? - pronunciei seu nome como se estivesse pronunciando um poema profundo. Esperei sua resposta, sem deixar de sorrir.



Vestes: aqui | Humor: Animado | Com: Caroline D. Walker



avatar
Arthur I. Strumbolt
Distrito 3
Distrito 3

Mensagens : 7
Data de inscrição : 19/05/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pista de Dança

Mensagem por Caroline D. Walker em Seg Maio 21, 2012 5:30 pm



All Queen have a King


- Art. - repeti como ele me tinha dito para o chamar. Ele era um rapaz sem dúvida muito simpático, bonito e encantador, de certeza que tinha muitas meninas querendo um lugar como o meu: dançar com ele por uns minutos.

Antes de responder ao seu convite que me fizera para dançar, coloquei a minha mão em cima da sua que pedia a minha para dançar, o que me deixava cada vez mais encantada com as suas atitudes e gestos.

- Será um prazer. - respondi pouco depois com um sorriso muito simpático e esperando que ele se aproximasse mais para dançarmos como os outros 'casais', apesar de nós não o sermos, até agora éramos apenas conhecidos.

Taggeds: --- Clothes: Link Aqui Com: Arthur


XoXo @ Thay


Última edição por Caroline D. Walker em Seg Maio 21, 2012 5:38 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Caroline D. Walker
Distrito 8
Distrito 8

Mensagens : 7
Data de inscrição : 19/05/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pista de Dança

Mensagem por Arthur I. Strumbolt em Seg Maio 21, 2012 5:38 pm


My life is like a machine.


Arthur I. Strumbolt - District 3 (Technology)

Peguei a mão de Caroline levemente e me aproximei dela, iniciando uma dança ritmada com a música que estava a tocar. Um pouco nervoso, tentei me distrair concentrando-me na dança, mas até o cheiro do perfume dela me deixava um pouco tonto. Resisti à sensação e tentei aproveitar mais, me aproximando mais dela para tentar iniciar alguma conversa solene e amigável. Aproximei minha boca de seu ouvido para falar, talvez causando-lhe algum arrepio.

-De que distrito é, Carol? - percebi que já estava a chamando por apelidos sem ao menos pedir sua permissão. - Desculpe, posso chamá-la assim? - sorri levemente, mesmo que ela não pudesse vê-lo.


Vestes: aqui | Humor: Animado | Com: Caroline D. Walker





Última edição por Arthur I. Strumbolt em Seg Maio 21, 2012 5:53 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Arthur I. Strumbolt
Distrito 3
Distrito 3

Mensagens : 7
Data de inscrição : 19/05/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pista de Dança

Mensagem por Caroline D. Walker em Seg Maio 21, 2012 5:45 pm



All Queen have a King


O perfume de Art cheirava muito bem, o que me dava a entender que era um rapaz com muito bom gosto, coisa que eu não tinha nenhuma dúvida desde que tinha falado com ele, por como se vestia, e essa coisas todas,...

Assim que Arthur encostou a sua boca ao meu ouvido para podermos conversar enquanto dançamos muito perto um do outro, arrepiei-me ligeiramente mas talvez ele não tenha percebido o que se tinha passado comigo, podia ser um pouco vergonhoso, não sei.

- Eu sou Distrito 8 e você? - perguntei ao seu ouvido assim como ele me fazia a mim. - Não tem qualquer problema, os meus amigos me costumam tratar assim. - informei-o com um sorriso que não lhe era visível.

Taggeds: --- Clothes: Link Aqui Com: Arthur


XoXo @ Thay
avatar
Caroline D. Walker
Distrito 8
Distrito 8

Mensagens : 7
Data de inscrição : 19/05/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pista de Dança

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum